Telecine

Cem Anos de Perdão

Para mim que gosto tanto do Cinema Argentino – os leitores mais antigos bem sabem de tanto que já falei dele – é

Koblic

Existem feridas que cicatrizam, mas jamais deixam de sangrar. Algumas chagas são eternas. Passam, inclusive, de geração à

Atentado em Paris

Atentado em Paris é um bom filme de ação. Ele é simples mas com um enredo complexo ao mesmo tempo. Complexo não no sentid

Terra Violenta

Acredito que 99% dos argumentos dos filmes de faroeste tenha a vingança como base. Ela é uma espécie de salvo-conduto para

Pompeia

No século VII a.C. foi fundada a cidade de Pompeia. A cidade recebia influência das civilizações gregas e etruscas que dom

Animais Noturnos

Tem a Amy Adams e seu nariz. Não quero ser repetitivo, então, leia aqui o que penso sobre perfeição. E tem um livro dentro

Florence: Quem é Essa Mulher?

A pergunta não é quem somos nem para onde vamos. A pergunta é Florence: Quem é Essa Mulher? Pois Florence Foster Jenkins

Logan

Existem filmes com público cativo. E em muitas vezes eles não ultrapassam esse público. Ficam restritos somente a “qu

O Amante da Rainha

“Quem é maluco: o rei ou quem pensa que o mundo foi criado em seis dias?” Essa frase é dita por um iluminista a

Herança de Sangue

É raro começar um palpite falando do elenco, mas, em Herança de Sangue é uma boa maneira. Primeiro a nova guarda: a bela e

O Lar das Crianças Peculiares

Três fatos incontestes: Primeiro, que sou um fã do Tim Burton. O cara é bom e tem a imaginação mais fértil que solo de m

Lion: uma jornada para casa

Pensei muito antes de começar este palpite e decidi que o início será com a mesma frase do final, para não deixar dúvida:

Viktor

Tenho um amigo que diz – e ele fala sério – que filme francês é bom pra dormir. Sei o que ele quer dizer e não

Jason Bourne

Jason Bourne é um bom filme de ação, sem dúvida alguma, mas com um “defeito” enorme. Pelo menos para o meu gos

Samba

Vai dar samba! Sem dúvida. Esses dias no palpite de Independence Day: o Retorno chamei a Charlotte Gainsbourg de saltitante

O Presidente

Num país fictício, mas assustadoramente parecido com tantos outros, um presidente em fuga tem apenas a companhia do neto de

A Escuridão

A Escuridão é um filme B. Um bom filme categoria B, o que, sei lá, deve equivaler a um “abacaxi” na categoria A

Oeste sem lei

Sempre gostei de faroestes. Uma vez falei isso perto de um amigo crítico de cinema e ele resmungou algo como um “afff&#

Quer ajudar o Partiu Cinema?