Um Contratempo

Quantas mentiras podem compor uma verdade?

Quantas verdades podem ser uma mentira?

É certo que a verdade é algo que muda conforme as nuances. Nada, nada mesmo, é absoluto. Muito menos algo tão volátil e versátil quanto uma verdade.

Há a sua, a minha, a nossa, a deles, a boa, a má, enfim, há verdades para tudo e todos. Há para salvar e para matar. Ela não tem gênero, ideologia, ética. É como uma arma qualquer que pode assassinar o maior de todos os tiramos ou um bebê indefeso.

Mas, “filosofias” à parte, não é disso que trata Um Contratempo.  Isso tudo é somente um detalhe – não esqueçam disso: detalhes – para contar uma tremenda história de vingança. 

Resultado de imagem para Bárbara Lennie

Bárbara Lennie

Já falei muito sobre o cinema espanhol, em O Guardião Invisível e em A Praia dos Afogados e não serei repetitivo, mas, saibam que Um Contratempo é seguramente uma das melhores produções deste cinema inovador e maduro.

Eles conseguiram tornar uma cena simples em um filme complexo sem ser complicado. Ao contrário, ele é editado de uma forma que o deixa ainda mais acessível. Possui bastante diálogos – e isso pode para alguns ser um pouco cansativo – mas não poderia ser de outra forma. As conversas, que na “verdade” são o próprio filme, são mostradas na tela a cada instante. Isso deixa tudo mais pedagógico. São também muito bem feitas e inteligentes. O suficiente para deixarem de ser um problema.

Equipe nota 10

A excelente direção de Oriol Paulo, de Os Olhos de Júlia, que também assina o roteiro, certamente não teve dificuldades com o elenco. Liderado pela maravilhosa Ana Wagener, que tem uma atuação digna de um Oscar, além de José Coronado, de El Cuerpo, Mario Casas, de Palmeiras na Neve e a interessante Bárbara Lennie, de A Pele Que Habito.

Mas, enfim, permitam-me contar uma verdade sem variações: se você gosta de um bom filme de suspense, uma obra bem editada com uma excelente história, não deixe de ver. E caso você não goste deste tipo de filme, veja também.

É imperdível. É surpreendente. E fique de olho em cada detalhe.

Está no Netflix.

Quer ajudar o Partiu Cinema?